Questões

Total de Questões Encontradas: 959

Ano: 2019 Banca: FCC Órgão: SEFAZ-BA Prova: Auditor Fiscal - Tecnologia da Informação
Texto Associado Texto Associado
            A ciência moderna e a economia de mercado figuram entre as mais notáveis realizações humanas. A Revolução Científica do século XVII e a Revolução Industrial do século XVIII foram apenas o prelúdio do que viria em seguida - a revolução permanente dos últimos três séculos. Ciência e mercado são apostas na liberdade: liberdade balizada por padrões impessoais de argumentação e validação de teorias no primeiro caso; e por regras que fixam os marcos dentro dos quais a busca do ganho econômico por parte das pessoas é livre, no segundo. Por mais brilhantes, entretanto, que sejam suas inegáveis conquistas, é preciso ter uma visão clara do que podemos esperar que façam por nós: a ciência jamais aplacará a nossa fome de sentido, e o mercado nada nos diz sobre a ética - como usar a nossa liberdade e o que fazer de nossas vidas.

            O sistema de mercado - baseado na propriedade privada, nas trocas voluntárias e na formação de preços por meio de um processo competitivo reconhecidamente imperfeito - define um conjunto de regras de convivência na vida prática. A regra de ouro do mercado estabelece que a recompensa material dos seus participantes corresponderá ao valor monetário que os demais estiverem dispostos a atribuir ao resultado de suas atividades: a remuneração de cada um, portanto, não depende da intensidade dos seus desejos de consumo, do civismo de suas ações, do seu mérito moral ou estético. Dependerá tão somente da disposição dos consumidores em pagar, com parte do ganho do seu próprio trabalho, para ter acesso aos bens e serviços que o outro oferece. Mas o mercado não decide, em nome dos que nele atuam, os resultados finais da interação. Assim como a gramática não determina o teor das mensagens, mas apenas as regras das trocas verbais, também o mercado não estabelece de antemão o que será feito e escolhido pelos que dele participam.
(Adaptado de: GIANETTI, Eduardo. Trópicos utópicos. São Paulo: Companhia das Letras, 2016, edição digital)
Está clara e correta a redação do seguinte comentário:
A
Todo um conjunto de regras de convivência na vida prática é determinado pelo sistema de mercado, que se apoia, entre outros, na propriedade privada, nas trocas voluntárias e na determinação de preços por meio de um processo competitivo.
B
Estima-se que a liberdade mercadológica seja delimitada por determinadas regras, regras estas nas quais estabelecem-se que as pessoas são livres para buscar seu próprio ganho financeiro.
C
Entre as grandes realizações humanas, acredita-se de que a Revolução Científica do século XVII e a Revolução Industrial do século XVIII, além da ciência moderna e da economia de mercado trouxeram maior liberdade aos indivíduos.
D
A despeito da intensidade dos desejos de consumo, do civismo das ações e do mérito moral, ou estético, a recompensa material dos participantes corresponde o valor monetário que os demais estiverem dispostos a atribuir à suas atividades.
E
Cada um dos participantes do mercado dependem do valor monetário que os demais estiverem dispostos a atribuir-lhes como resultado de suas atividades.
Ano: 2019 Banca: FCC Órgão: SEFAZ-BA Prova: Auditor Fiscal - Tecnologia da Informação
Texto Associado Texto Associado
            A ciência moderna e a economia de mercado figuram entre as mais notáveis realizações humanas. A Revolução Científica do século XVII e a Revolução Industrial do século XVIII foram apenas o prelúdio do que viria em seguida - a revolução permanente dos últimos três séculos. Ciência e mercado são apostas na liberdade: liberdade balizada por padrões impessoais de argumentação e validação de teorias no primeiro caso; e por regras que fixam os marcos dentro dos quais a busca do ganho econômico por parte das pessoas é livre, no segundo. Por mais brilhantes, entretanto, que sejam suas inegáveis conquistas, é preciso ter uma visão clara do que podemos esperar que façam por nós: a ciência jamais aplacará a nossa fome de sentido, e o mercado nada nos diz sobre a ética - como usar a nossa liberdade e o que fazer de nossas vidas.

            O sistema de mercado - baseado na propriedade privada, nas trocas voluntárias e na formação de preços por meio de um processo competitivo reconhecidamente imperfeito - define um conjunto de regras de convivência na vida prática. A regra de ouro do mercado estabelece que a recompensa material dos seus participantes corresponderá ao valor monetário que os demais estiverem dispostos a atribuir ao resultado de suas atividades: a remuneração de cada um, portanto, não depende da intensidade dos seus desejos de consumo, do civismo de suas ações, do seu mérito moral ou estético. Dependerá tão somente da disposição dos consumidores em pagar, com parte do ganho do seu próprio trabalho, para ter acesso aos bens e serviços que o outro oferece. Mas o mercado não decide, em nome dos que nele atuam, os resultados finais da interação. Assim como a gramática não determina o teor das mensagens, mas apenas as regras das trocas verbais, também o mercado não estabelece de antemão o que será feito e escolhido pelos que dele participam.
(Adaptado de: GIANETTI, Eduardo. Trópicos utópicos. São Paulo: Companhia das Letras, 2016, edição digital)
Infere-se corretamente do texto:
A
Apesar de se autorregular, o mercado oferece recompensas materiais desiguais aos participantes do sistema, atreladas, proporcionalmente, à dedicação do indivíduo àquilo que é do interesse da coletividade.
B
Ao estabelecer uma comparação entre as conquistas capazes de melhorar as condições da vida humana nos últimos séculos, o autor conclui que os benefícios da economia de mercado são inferiores aos alcançados pela Revolução Industrial do século XVIII.
C
Como ciência e mercado estão interligados, a primeira sofre restrições em sua liberdade de ação, uma vez que só se validam teorias que atendam aos interesses do mercado, o qual, por sua vez, visa ao lucro mesmo em detrimento do desenvolvimento científico.
D
As conquistas alcançadas pelo sistema de mercado, no qual se estabelecem os preços de um produto por meio de um processo competitivo, são limitadas, na medida em que as relações de troca não estão atreladas a escolhas éticas nem nos ensinam de que modo usar nossa liberdade.
E
Uma vez que se trata de um sistema meritocrático, o sistema de mercado beneficia os indivíduos mais dedicados e munidos de maior motivação pessoal, cujo grande desejo de consumo faz com que procurem superar suas dificuldades.
Ano: 2019 Banca: FCC Órgão: SEFAZ-BA Prova: Auditor Fiscal - Tecnologia da Informação
Texto Associado Texto Associado
                Uma mudança ocorrida no último meio século foi o aparecimento do museu que constitui, por si só, uma grande atração cultural, independentemente do conteúdo a ser exibido em seu interior. Esses edifícios espetaculares e em geral arrojados vêm sendo construídos por arquitetos de estima universal e se destinam a criar grandes polos globais de atração cultural em centros em tudo o mais periféricos e pouco atrativos. O que acontece dentro desses museus é irrelevante ou secundário. Um exemplo disso ocorreu na cidade de Bilbao. Em tudo o mais praticamente inexpressiva, nos anos 1990 ela transformou-se num polo turístico global graças ao Museu Guggenheim, do arquiteto Frank Gehry. A arte visual contemporânea, desde o esgotamento do modernismo nos anos 1950, considera adequados e agradáveis para exposições esses espaços que exageram a própria importância e são funcionalmente incertos. Não obstante, coleções de grande significado para a humanidade, expostas, por exemplo, no Museu do Prado, ainda não precisam recorrer a ambientes de acrobacia arquitetônica.
(Adaptado de: HOBSBAWM, Eric. Tempos fraturados: Cultura e sociedade no século XX. São Paulo: Companhia das Letras, 2013, edição digital) 
Está gramaticalmente correta a redação da seguinte frase:
A
A partir do fim do modernismo, considera-se apropriado para exposições de arte visual certos espaços cuja importância é superestimada.
B
Surge, em locais muitas vezes pouco chamativos, edifícios de arquitetura espetacular e arrojados, com o intuito de criar grandes centros de turismo cultural.
C
Encontram-se no acervo de alguns museus, como o do Prado, obras de grande relevância para a humanidade.
D
Cidades pouco chamativas como Bilbao, podem se transformar em polos turísticos devido à atrações arquitetônicas.
E
Museus como o de Bilbao, cujo edifício de fachadas ousadas constituem, a despeito do acervo exposto, uma atração cultural em si.
Ano: 2019 Banca: FCC Órgão: SEFAZ-BA Prova: Auditor Fiscal - Tecnologia da Informação
Texto Associado Texto Associado
                Uma mudança ocorrida no último meio século foi o aparecimento do museu que constitui, por si só, uma grande atração cultural, independentemente do conteúdo a ser exibido em seu interior. Esses edifícios espetaculares e em geral arrojados vêm sendo construídos por arquitetos de estima universal e se destinam a criar grandes polos globais de atração cultural em centros em tudo o mais periféricos e pouco atrativos. O que acontece dentro desses museus é irrelevante ou secundário. Um exemplo disso ocorreu na cidade de Bilbao. Em tudo o mais praticamente inexpressiva, nos anos 1990 ela transformou-se num polo turístico global graças ao Museu Guggenheim, do arquiteto Frank Gehry. A arte visual contemporânea, desde o esgotamento do modernismo nos anos 1950, considera adequados e agradáveis para exposições esses espaços que exageram a própria importância e são funcionalmente incertos. Não obstante, coleções de grande significado para a humanidade, expostas, por exemplo, no Museu do Prado, ainda não precisam recorrer a ambientes de acrobacia arquitetônica.
(Adaptado de: HOBSBAWM, Eric. Tempos fraturados: Cultura e sociedade no século XX. São Paulo: Companhia das Letras, 2013, edição digital) 
Considere as afirmativas abaixo a respeito do texto.

I. O autor aponta para o surgimento de museus cujo acervo é menos relevante para o visitante do que a grandeza arquitetônica de seu edifício e questiona a eficácia de tais ambientes para a exibição de obras de arte.
II. Infere-se do texto que o Museu Guggenheim é responsável por transformar a cidade de Bilbao, anteriormente desprovida de atributos culturais, em um polo turístico.
III. Para o autor, as obras apresentadas no Museu do Prado ganham maior destaque devido ao fato de este museu não constituir um exemplo do que classifica como “ambiente de acrobacia arquitetônica”.
Está correto o que se afirma APENAS em
A
I e II.
B
II e III.
C
I e III.
D
II.
E
I.
Ano: 2019 Banca: IADES Órgão: BRB Prova: Analista - Tecnologia da Informação
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Em relação aos dados apresentados, assinale a alternativa correta.
A
A renda média per capita de Brasília cresceu 51% nas décadas apresentadas na tabela.
B
O grau de concentração de renda em Brasília cresceu em 2010, quando comparado com o ano de 1991.
C
A taxa média de crescimento foi de 4,04% entre 1991 e 2000.
D
A proporção de pessoas pobres em Brasília aumentou significativamente na última década apresentada.
E
A diferença entre os rendimentos dos mais pobres e dos mais ricos reduziu drasticamente nas décadas apresentadas na tabela.
Ano: 2019 Banca: IADES Órgão: BRB Prova: Analista - Tecnologia da Informação
Texto Associado Texto Associado
As mudanças nos processos de inovação no século 21
assinalam um deslocamento da “Economia da Gestão” para a
“Economia do Empreendedorismo” (Thurik, 2009; Audretsch
e Thurik, 2004). Inicialmente, a ciência e a pesquisa e
desenvolvimento (P&D), implementadas nas grandes
empresas, tiveram uma importante contribuição para as
economias. Nos dias atuais, o empreendedorismo passa a ser
considerado um dos principais focos para a inovação. Thurik
(2009) distingue três fases históricas dessas mudanças nos
processos de inovação, enfatizando, em um contraponto, a
crescente valorização das micro e pequenas empresas (MPE):
I. Schumpeter (1934) atribuiu ao empreendedor um papel
central na produção do desenvolvimento econômico, ao
desafiar e desequilibrar a ordem econômica existente,
viabilizando a introdução de inovações nas empresas, o
que foi chamado de “destruição criativa”.


II. Schumpeter (1942) enfatizou o papel da gestão –
Economia da Gestão – na qual eram as grandes empresas
que dominavam os processos de inovação, em função da
respectiva capacidade de investir em P&D.


III. A partir do final da década de 1970, observa-se
gradativamente a redução da importância da economia de
escala e um reposicionamento do papel das MPE na
forma como novos processos de inovação se
desenvolvem.
Com base nessas informações, assinale a alternativa correta.
A
Observa-se que apenas as grandes empresas com forte capacidade de gestão têm um papel importante no processo de inovação tecnológica.
B
A sofisticação do desenvolvimento tecnológico atual não permite que as MPE participem significativamente do desenvolvimento de produtos, processos e serviços inovadores com impacto nos mercados.
C
Evidencia-se que o foco do esforço de inovação evoluiu da figura do empreendedor como indivíduo, passando pela liderança do grande capital industrial e chegando a uma situação em que as MPE assumem papel importante nesse processo.
D
Evidencia-se que o empreendedor individual tem um papel indispensável na condução do processo de inovação no setor produtivo.
E
Por força do poderio econômico e pela consequente capacidade de investimento das grandes empresas, estas terão sempre vantagem em relação às MPE no tocante ao desenvolvimento de produtos e processos inovadores.
Ano: 2019 Banca: IADES Órgão: BRB Prova: Analista - Tecnologia da Informação
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Quanto à relação que se estabelece no período “O perigo mais aparente é de acreditar tanto nos simulacros que se acaba por torná-los por reais.” (linhas de 13 a 15), a qual permite a compreensão das ideias do autor acerca do mundo virtual e do respectivo perigo, assinale a alternativa correta.
A
Acreditar nos simulacros é consequência de torná-los reais.
B
Tornar os simulacros reais é consequência de acreditar muito neles.
C
Acreditar nos simulacros é a explicação para torná-los reais.
D
Tornar os simulacros reais é causa de acreditar muito no mundo virtual.
E
Tornar os simulacros reais é a finalidade de acreditar muito nas imagens de síntese.
Ano: 2019 Banca: IADES Órgão: BRB Prova: Analista - Tecnologia da Informação
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Considerando-se a relação entre as escolhas linguísticas e a expressão das ideias do texto, assinale a alternativa correta.
A
O autor empregou a construção “Diferentemente da” (linha 2) para estabelecer uma relação de ideias que é explicitada pelos vocábulos “cedo” (linha 3) e “tardias” (linha 5). Por isso, substituir a referida estrutura pela forma Ao contrário da tornaria a mensagem original mais precisa.
B
Conforme antecipa a estrutura “Dinheiro de amoreira” (título), é correto concluir que os chineses inventaram, a partir da casca da fruta da amoreira, o primeiro papel, o qual passou a ser utilizado para a fabricação e a impressão do primeiro papel-moeda.
C
A redação Para registrar informações, pergaminho feito de pele de ovelha era usado pelo povo antigo do Mediterrâneo. expressa uma mensagem incompatível com a do período “O povo antigo do Mediterrâneo usava pergaminho feito de pele de ovelha para registrar informações.” (linhas 6 e 7).
D
A construção “Não é acidental” (linha 12) introduz uma informação que quebra a expectativa gerada logo no primeiro período do texto, cuja mensagem principal poderia ser sintetizada pelo ditado popular Quem vê cara não vê coração.
E
Ao optar pela construção “lucrativa indústria de seda chinesa” (linha 16), o autor sugere que a criação do primeiro papel na China gerou lucro para a indústria de seda chinesa.
Ano: 2019 Banca: IADES Órgão: BRB Prova: Analista - Tecnologia da Informação
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Considerando as estruturas que constituem o Texto 2, assinale a alternativa correta.
A
A redação Chegou a hora de abrir sua conta digital! poderia substituir a original na linha 1, pois o texto não sofreria alteração de sentido.
B
O paralelismo sintático seria preservado caso o período “Baixe o App BRB Conta, realize o seu cadastro e pronto!” (linhas 2 e 3) fosse substituído pela redação Basta fazer duas coisas: baixar o App BRB Conta, a realização do seu cadastro e pronto!.
C
A informação contida no trecho “dos seus comprovantes de renda e de residência” (linhas 4 e 5) também poderia ser expressa pela construção do seu comprovante de renda e residência.
D
A substituição da forma “precisará” (linha 4) pela construção vai precisar, amplamente observada no português contemporâneo falado no Brasil, preservaria a referência a uma ação futura tida como certa.
E
Os períodos “Assim que sua conta for aprovada, você já poderá aproveitar todas as vantagens de ser cliente BRB.” (linhas 6 e 7) e Você já poderá aproveitar todas as vantagens de ser cliente BRB, quando a sua conta for aprovada. veiculam, com a mesma precisão, uma relação de tempo entre as orações.
Ano: 2019 Banca: IADES Órgão: BRB Prova: Analista - Tecnologia da Informação
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Com base na leitura compreensiva dos textos, assinale a alternativa correta.
A
Ambos os textos fazem referência ao aplicativo BRB Conta. No entanto, apenas um deles divulga os benefícios oferecidos aos futuros clientes do banco.
B
A construção “ao mesmo tempo” (Texto 1) sugere que, por meio do aplicativo BRB Conta, a abertura de uma conta no BRB pode ser feita sem que atividades rotineiras, como caminhar no parque, sejam interrompidas ou reprogramadas.
C
A imagem do telefone celular (Texto 1), associada ao conjunto das informações do Texto 2, permite concluir que, após a realização do cadastro, o cliente receberia uma chamada telefônica do BRB para concluir o procedimento.
D
O Texto 2 não oferece informações que respondam, de forma satisfatória, à pergunta “O que é o BRB Conta?”(título).
E
Os vocábulos “rápido” e “fácil”, em cada um dos textos, fazem referência a ações distintas. No Texto 1, referem-se ao ato de caminhar no parque; no Texto 2 (linha 2), ao procedimento para abrir uma conta pelo aplicativo BRB Conta.
Página 1 de 96